CHEGUE NA PAZ

16 de jul de 2017




Já me afastei do que me fez mal. 
Meu espírito pede mais... 
minha alma tem falado 
comigo absurdamente. 

Por incrível que pareça um pedido 
para regressar ao passado 
me transporta ao melhor da vida. 

Conceder o perdão a quem me feriu. 

Perdoar já perdoei faz tempo, mas
observo e vejo a necessidade de falar, 
demonstrar interesse e refúgio para 
alguém que já não tem boas novas 
e muito me nos abrigo. 

Talvez eu esteja em transição, 
encontrando a divindade do sentir. 

Cada vez mais leve,
livre dos conceitos superiores, 
nem sempre intacto, claro. 

Hoje sou mais humana e tenho 
nas mãos a libertação alheia. 

Estou permitindo-me ser 
generosa custe o que for. 

Não posso prever o futuro e para 
falar bem a verdade nem almejo isto. 

Minha alma fez um pedido de paz. 

Estou cedendo. 

Estou leve em paz. 

Vitor Ávila

Nenhum comentário:

Postar um comentário